quinta-feira, 26 de junho de 2014

É um prazer Te conhecer!

Uma moça conhecida trabalha há muitos anos como tradutora para um patrão que nunca viu pessoalmente e com quem nunca conversou, a não ser por e-mails. E não é necessário mais do que isso para que ambos cumpram o contrato que fizeram um com o outro.

 Ela certamente dá o seu melhor nas traduções  e as entrega no prazo combinado, e seu patrão deposita pontualmente em sua conta bancária o valor acertado pelo trabalho realizado. Mas a moça não o conhece. Apenas sabe seu nome e talvez um ou outro dado. Ela gosta muito do que faz e é provável que goste também de seu patrão, afinal, ele cumpre com o que promete!

Algo parecido acontece na vida de muitas pessoas que gostam de trabalhar na obra de Deus, que gostam de estar na igreja, de ouvir as pregações, os louvores, etc. mas que não tem intimidade com Deus, ainda que recebam Dele muito mais do que imaginaram e muito mais do que merecem.

No mundo secular é até normal não conhecermos  intimamente aquele que garante nosso sustento sem que haja algum prejuízo por causa disso, mas no mundo cristão, não. Ser íntimo dAquele que É O SUSTENTO  é imprescindível para o crescimento da nossa fé e da manutenção da Aliança que fizemos com Deus quando aceitamos Jesus como nosso Salvador e Senhor.

Sem um contato íntimo e diário com Deus perdemos não só o que Ele tem de melhor para nos dar - Ele mesmo - como perdemos a oportunidade de Lhe dar o que nós temos de melhor: a nós mesmos! Sem intimidade não podemos nos entregar completamente a Ele como Ele quer que façamos! Sem intimidade apenas podemos Lhe entregar migalhas de nós, pequenas porções de nossa vida, mas Deus nos quer por inteiro!

A tradutora de que falei conhece seu patrão através de e-mails, mas nós podemos conhecer a Deus por meio  de uma carta! Sabemos o que Ele deseja e o que pensa através da carta que Ele nos deixou - a Bíblia - e apesar de sabermos que Deus conhece até nossos pensamentos, Ele espera que nós lhe contemos o que nos vai na alma, quais são nossos temores e nossos sonhos, que lhe falemos de nossas alegrias e dos nossos motivos de gratidão, e isso só é possível através do tempo que passamos com Ele em oração! Não há outra maneira!

Que o nosso desejo seja o de conhecer a Deus tão profundamente, a ponto de podermos dizer o mesmo que disse Jó: “Eu te conhecia só de ouvir falar, mas agora os meus olhos te vêem.” (Jó 42.5)

Então, disposto a conhecer melhor teu "patrão"?

Nenhum comentário:

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DISTO:

Related Posts with Thumbnails