sexta-feira, 12 de julho de 2013

O que é que falta a este jovem rico?


Se o que você mais ama na vida não for  Deus,  você não terá  Vida Eterna no céu.  Não estou falando daquele amor que é  um sentimento apenas, mas do amor a Deus que vem acompanhado de uma atitude de entrega total.  Esse amor não era o que sentia o jovem da história abaixo:

"E, pondo-se a caminho, correu para ele (Jesus) um homem, o qual se ajoelhou diante dele, e lhe perguntou:
-  Bom Mestre, que farei para herdar a Vida Eterna?" Perguntou isso porque pensava que ele tinha que fazer coisas boas para entrar no céu, mas, estava enganado. 

"E Jesus lhe disse:
-  Por que me chamas bom?  Ninguém há bom senão um, que é Deus." Ou seja,  Jesus quis dizer com isso que ele não era apens um "bom mestre", alguém que tem bons conselhos para dar ou que é um bom exemplo de vida,  mas sim o próprio Deus.  

- "Tu sabes os mandamentos"- prosseguiu Jesus, e citou alguns dos 10 mandamentos: "Não adulterarás; não matarás; não furtarás; não dirás falso testemunho; não defraudarás alguém; honra a teu pai e a tua mãe.  Ele, porém, respondendo, lhe disse:

-  Mestre, tudo isso guardei desde a minha mocidade." Aquele jovem era de fato um  bom religioso, sabia os mandamentos e  fazia as coisas certas, enfim, era um religioso praticante. Mas como veremos, isso não bastou  para que tivesse direito à Vida Eterna no Céu, já que he faltava o principal, como se vê a seguir: 

"E Jesus, olhando para ele, o amou e lhe disse:
- Falta-te UMA COISA: vai, vende tudo quanto tens, e dá-o aos pobres, e terás um tesouro no céu; e vem, toma a cruz, e segue-me." . É isso. O rapaz sabia e cumpria todos todos mandamentos, exceto o primeiro deles que é o de  AMAR A DEUS SOBRE TODAS AS COISAS".

E veja o que o jovem fez! Deu as costas a Jesus, saiu dali, chateado, triste, porque não queria deixar de amar as outras coisas, não queria que Jesus fosse a coisa mais importante da sua vida:

"Mas ele, pesaroso desta palavra, retirou-se triste; porque possuía muitas propriedades. Então Jesus, olhando em redor, disse aos seus discípulos:

-  Quão dificilmente entrarão no reino de Deus os que têm riquezas!"

É bom frisar que Deus não desaprova a riqueza, como parece sugerir este texto,  e sabemos disto por causa de muitas outras passagens nas Escrituras que confirmam isso. Não era esse o ponto. No caso deste jovem,  Jesus sabia que as suas riquezas  atrapalhavam seu relacionamento com Deus,  por isso pediu que as abandonasse!

Bem, no caso deste rapaz o seu maior amor eram suas riquezas, e no nosso caso, o que é que toma o lugar de Deus em nossa vida?  O que é que Deus nos pede que seja trocado para que Ele passe a ocupar o primeiro lugar em nosso coração?  Alguma paixão?  Nossa família? Nossa carreira profissional? Algum vício? Nossos bens materiais? Nossa fama?

Vamos deixar  que Deus ocupe o lugar de honra em nosso coração! Além de termos um bom mestre para nos orientar e ser para nós um exemplo de conduta, herdaremos a Vida Eterna no céu! É isso o que a Bíblia afirma
na história do Jovem Rico (Marcos 10.17-23)

Este texto tem como base a pregação do Pr. Diogo Cerutti  (Igreja Missionária Central de Maringá) em 11/07/

Nenhum comentário:

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DISTO:

Related Posts with Thumbnails