terça-feira, 13 de novembro de 2012

GORDA! LERDO! PESTE!

Não fale DO teu filho com  palavras pejorativas:
- Aquela gorda.
- Aquele lerdo.
- O retardado do meu filho.
- A irresponsável da "fulaninha"...
- Ah, meu filho é uma peste mesmo, viu!

Não use palavras pejorativas para falar COM teu filho:
- Vem cá, vagabundo!
- Não vai almoçar hoje, gorda?
- Senta logo aí, seu estropício.

não permita também que outros familiares (avós, tios, irmãos) empreguem termos negativos para falar dele ou com ele!



Se teu filho sente o teu amor - ou a falta dele - através das PALAVRAS que você lhe dirige mais do que através do tempo que passa com ele, dos atos de serviço que tem para com ele, dos presentes que lhe dá ou dos teus abraços e afagos, as PALAVRAS NEGATIVAS  terão um  impacto ainda maior sobre sua auto-estima. E se a linguagem de amor do teu filho for qualquer uma das outras citadas as palavras depreciativas jamais devem ser usadas. Controle-se sempre, mesmo se estiver muito chateado ou com raiva de algo que ele tenha feito.

Nós, pais e mães, somos os únicos responsáveis pela formação da personalidade de nossos filhos e pela construção de sua auto-estima.  Por isso, e por respeito à pessoa deles,  não devemos usar de qualquer jeito, nossa posição de autoridade sobre eles, sem nos preocuparmos com as consequências que nossas atitudes e PALAVRAS  terão sobre suas vidas.

Se você tem dificuldades com isso, se luta para se controlar e muitas vezes falha, se reconhece que precisa de ajuda nessa área, posso te ajudar e até recomendar alguns livros que me ajudaram na educação dos filhos. Escreva-me aqui no blog  ou deixe um recado em "mensagens",  na página do facebook VIDA NO LAR e terei alegria em ajudar!

Este texto foi copiado do blog  VIDA NO LAR

Nenhum comentário:

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DISTO:

Related Posts with Thumbnails