segunda-feira, 29 de outubro de 2012

DIZE-ME e eu te direi.

"Um pouco de fermento leveda toda a massa" 
Gálatas 5:9

Diz um velho ditado:

"DIZE-ME COM QUEM ANDAS, E EU TE DIREI QUEM ÉS"

Eu faria o seguinte acréscimo a este ditado:
"Dize-me com quem andas e eu te direi quem és, OU,  em quem vais te tornar logo, logo" .





Fazendo uma analogia entre a massa de pão levedada pelo fermento biológico e o  grupo de pessoas com o qual andamos ou com o qual  queremos andar nós todos sabemos que tanto uma massa (a do pão) como a outra "massa" (a de pessoas)  podem ser  boas ou ruins, não é mesmo?  E sabemos também que a qualidade de ambas as "massas"  depende também da qualidade do fermento que as  faz crescer!

Mas como este post não é sobre pães  e sim sobre pessoas,  volto ao meu ditado para afirmar que não só o tipo de pessoa que você  já é mas   também o tipo de pessoa  em que  se tornará  em breve dependerá do tipo de "fermento" da "massa" à qual você pretende se ajuntar:  você  se tornará  uma pessoa  melhor do que é  se o "fermento" for de boa qualidade,  mas se o "fermento" for de má qualidade... sinto te dizer, mas você se tornará alguém pior do que já é, simplesmente porque o fermento contamina toda a "massa".

E como saber se o fermento é bom ou ruim?

Ora, isso para um cristão que conhece a Palavra é algo muito fácil,  desde que  esteja com os "olhos" e os "ouvidos" do coração  atentos para aquilo que a "massa" diz e faz. Se o que você vê  e ouve, ou se o que te contam sobre a "massa",   não condiz com o que Jesus prega,   mas sim com  valores mundanos, significa que o "fermento" que mantém essa "massa" unida e a faz crescer  não é Jesus.

Em muitos casos o que faz com que os cristãos se ajuntem a uma "massa ruim" não é a princípio a intenção de se tornar como ela, mas o  desejo natural por diversão e por  novas amizades, o que parece ser algo bom e sadio a princípio!  Porém o perigo está em que  na ânsia por novidades muitos tornam-se "cegos"  e "surdos" ao que vêem e ouvem  e aos poucos vão sendo enredados por "conversas suaves e ao mesmo tempo malignas"*  daqueles que desejam aumentar a própria "massa".

Pensando em que   toda "massa" tem como única finalidade saciar a  fome precisamos saber qual dois "tipos de fome" você particularmente deseja saciar ao se juntar a um grupo de pessoas:

  • A fome de quem tem fome de prazeres mundanos? Fome por baladas, sejam elas em casas noturnas ou em outros lugares? Fome por bebedeira, seja ela em público ou em ambientes privados? Fome por sensualidade, seja ela explicita  ou disfarçada? Fome por conversas imorais, por palavras torpes? É esse tipo de fome que você quer saciar?

  • Ou você deseja saciar a fome de pessoas que tem fome de Deus? Das coisas de Deus? De uma vida santa? De conversas que edificam? De relacionamentos santos? De amizades puras? De atividades sadias?

Se a primeira opção é o teu caso, não posso deixar de alertar com a Palavra de Deus, que diz: "Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos céus". Mt 7.21

Se o teu caso é a  segunda opção,  então meu amigo, afaste-se ou nem sequer se aproxime da "massa" cujo fermento não é o que faz a "boa massa" e junte-se àquela "massa" que embora possa ser menor  e aparentemente sem glamour, é a  "massa" que é unida pelo  bom fermento:  JESUS.





Nenhum comentário:

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DISTO:

Related Posts with Thumbnails