sexta-feira, 20 de julho de 2012

Você sabe fazer novos amigos?


Se você não tem amigos para desejar um FELIZ DIA DO AMIGO, talvez precise de uma "forcinha". Abaixo dou algumas dicas para se fazer novos amigos, ser aceito em um novo grupo ou mesmo para não perder os amigos que já possui. ____________________________________________
Considero-me um pouco experiente nessa área de amizades, já que por ter me mudado de cidade várias vezes ao longo da vida,  precisei não só fazer novos amigos em cada cidade, mas   também conservar as amizades  que deixei  para trás - o que em tempos de internet  fica beeeem mais fácil, digamos -  ainda que  isso também exija dedicação!

Antes das dicas, deixo uma "dica de ouro":  Nunca subestime a possibilidade de ser amigo de alguém! 
  •  Muitas amizades sinceras surgem num piscar de olhos, é verdade, mas nem todas são assim. Algumas começam apenas depois de algum esforço de uma ou de ambas as partes.  Hoje tenho bons amigos   com quem, a princípio, não simpatizava ou que não simpatizavam comigo. 
  • O esforço em direção ao outro pode quebrar a timidez, a indiferença ou a dureza do coração de alguém. Não se deixe levar pela primeira impressão,  pois muitas pessoas surpreendem quando se lhes dá uma chance. 
  • Diferenças de idade, graus de parentesco, condições financeiras, posição social, nível de instrução e outras diferenças decididamente não são limitações para grandes amizades. 
  • As pessoas  SÃO diferentes, por isso  não seja a "régua" com a qual mede as atitudes do outro: "Eu sou assim, eu não ajo dessa forma, eu não faria desse jeito". Se você for a "régua" jamais terá amigos, terá  contatos.
  • Adapte-se ao "jeito" do outro tendo algum jogo de cintura. Por exemplo: há pessoas brincalhonas e  bagunceiras e outras sérias que  só gostam de papo cabeça;  há pessoas que topam tudo e outras que são rotineiras e metódicas. Você não precisa ser  como elas, mas pode  adaptar-se um pouco quando estiverem juntos. 
  • Mude nas áreas em que você pode (ou deve) mudar para ser alguém mais amigável e mais simpático. O "eu nasci assim, eu cresci assim, vou ser sempre assim" não ajuda nos  relacionamentos.
  • Aprenda quais são as limitações do seu amigo ou daquele de quem você deseja tornar-se amigo e esforce-se para conviver BEM com essas limitações.
  • Seja parceiro. Faça coisas, vá a lugares ou aceite convites pelo outro e não necessariamente por você, como  assistir a certo tipo de filmes  ou ir a algum restaurante que você não curta muito. 
  • Não espere  a iniciativa do outro para começar uma amizade. Invente você algum programa, crie oportunidades, programe um encontro. Saia do "casulo" e convide você primeiro!
  • Interesse-se pelas pessoas, faça perguntas sobre suas atividades, seus hobbies, sua família,  e depois...  ouça as respostas com atenção e comente, acrescente algo, dê continuidade à conversa. Não é legal também só fazer perguntas para que logo depois da resposta você possa"pegar o gancho"  para começar a falar de si mesmo!  
  • Procure conversar sobre assuntos de interesse do outro e não apenas dos assuntos que você domina.
  • Não fale apenas de si, de seu trabalho, de seus filhos, de seu namorado, de seus planos, de seus isto e aquilo... Pessoas assim são muito chatas e não atraem amigos de verdade.
  • Quando alguém puxar um assunto, não mude de assunto  logo a seguir! Dê continuidade ao tema fazendo algum comentário, acrescentando algo mais, emitindo sua opinião a respeito, etc. 
  • Agora esta dica é especial para os casaizinhos apaixonados  Não se isolem, participem dos programações do seu grupo de amigos, e quando estiverem com eles dêem atenção às pessoas presentes.  Deixem para "namorar" quando estiverem a sós. 
  • Simpatia e etiqueta caminham muitas vezes lado a lado. Então aqui vai uma regra de etiqueta que fará de você uma pessoa mais simpática: Ao chegar a uma reunião de amigos (ou de possíveis novos amigos) onde há muitos convidados, cumprimente calorosamente os anfitriões - donos da casa ou organizadores da reunião - bem como as pessoas que estiverem  mais próximas,   bastando apenas dar um "oi" ou um "boa noite"  acenando com a mão,  para o restante do grupo. Isso não soa antipático. Mas se a  reunião for pequena, com  umas seis pessoas mais ou menos, cumprimente um a um, estendendo a mão afetuosamente ou beijando e abraçando as pessoas com quem tem mais intimidade. O mesmo vale ao sair: em reuniões grandes despeça-se dos que estiverem mais perto e dê um breve "tchau" ou um "até logo" aos demais presentes, em reuniões pequenas despeça-se individualmente e lembre-se:  não importa o tamanho da reunião,   jamais saia sem se despedir dos anfitriões, donos da casa ou organizadores.  
Amigos são presentes de Deus que nos ajudam na travessia desta vida, rumo ao encontro com o melhor amigo de todos, que nos acompanha, nos orienta, nos consola e  jamais nos decepciona ou nos abandona:  JESUS!

"Já vos não chamarei servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor;
mas tenho-vos chamado amigos
porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos tenho feito conhecer." 

João 15:15





Mas Jesus não chama a qualquer um de amigo, sabia?  Há uma condição para isso:

"Vós sereis meus amigos, se fizerdes o que eu vos mando." 
João 15:14



Postagem similar: Receber Amigos em Casa


Nenhum comentário:

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DISTO:

Related Posts with Thumbnails