quarta-feira, 21 de março de 2012

LOS HERMANOS


Quando minha mãe morreu deixou 6 filhos, entre os 24 e 16 anos (eu tinha 22 anos). Com certeza, a falta dela  fez com que nós  nos desentendêssemos mais vezes do que antes, e numa tentativa de colocar um pouco de paz e ordem nosso pai  copiou  em uma folha uma estrofe de um poema argentino chamado  MARTÍN FIERRO e a colou na porta da geladeira.

A estrofe é um conselho que o personagem central do poema, o gaúcho Martin Fierro, dá aos irmãos de uma família, incentivando-os a viverem em união. 





Não me lembro se essa tentativa de nosso pai surtiu algum efeito na época,  mas nunca mais  me esqueci daquele verso  em espanhol (abaixo) e que traduzo logo a seguir:

"Los hermanos sean unidos,
Porque ésa es la ley primera.
Tengan unión verdadera
En cualquier tiempo que sea-
Porque si entre ellos pelean
Los devoran los de ajuera."

Tradução:                                                    

"Os irmãos sejam unidos,
Porque essa é a lei primeira,
Tenham união verdadeira,
Em qualquer tempo que for,
Porque se há brigas entre eles
Os de fora os devoram"!


Embora  nosso pai não conhecesse a Palavra de Deus fez uso de  um conselho que também  encontramos na Bíblia, e é aplicável não só aos irmãos de sangue, mas aos irmãos em Cristo também, que convivem na igreja atuando juntos em algum ministério ou  fazendo parte do mesmo grupo de amigos.

 Pontos de vista conflitantes, maneiras de ser diferentes, impressões enganosas a respeito do outro, atitudes ou palavras mal interpretadas,  podem causar mágoas, brigas e  o afastamento de alguns. Por isso não devemos permitir que essas diferenças se sobreponham  aos frutos que vem do espírito de Deus na vida daqueles que vivem com Deus.  Os frutos do Espírito Santo como  paciência, amabilidade, fidelidade e paz  devem ser praticados dia-a-dia buscando a verdadeira  união na família e também na igreja.   

A  parafrase de Gálatas 5.22-26 da   bíblia A MENSAGEM  diz assim nos versos que  eu, se aplicam aos relacionamentos: 

"Deus faz surgir dons em nós, como frutas que nascem num pomar: afeição pelos outros... serenidade... um senso de compaixão no íntimo e a convicção de que há algo de sagrado...nas pessoas. ... Já que a vida do Espírito é o tipo de vida que escolhemos, convém lembrar que isso não é apenas uma ideia ou um sentimento no coração. Suas implicações devem ser realidade em cada área da nossa vida. Isso significa que não devemos ficar fazendo comparações, como se um fosse melhor que o outro. Temos coisa mais importante a fazer na vida.  Ninguém é melhor do que ninguém. Cada pessoa tem valor singular e inestimável."  

E também em 1 Pedro 5.8 diz:  "Tenham uma mente tranquila, mas estejam atentos. O diabo está querendo atacar, e não quer outra coisa senão apanhar vocês desprevenidos. Não baixem a guarda...Deus vai conservá-los unidos e firmes para sempre. Deus tem a última palavra. Sim, ele a tem." 

Tenho certeza de que Deus  nos aperfeiçoa a cada dia e que através desse aperfeiçoamento conseguiremos nos manter unidos  como família, sempre e quando estejamos atentos para não permitir que  intrigas e diferenças nos separem. Senão...
                
"nos devoran los de ajuera, hermanos"!


Obs.: Os gaúchos dos pampas empregam a forma fonética "ajuera" (arruera) no lugar de dizer "afuera" (fora). 

Um comentário:

Anônimo disse...

Agradeço todo o esforço que você põe em escrever este post sobre Blogger: SIMPLES ASSIM! - Postar um comentario . Vou postar uma volta backlink para seu blog no meu site, eu acho que alguns dos meus clientes podem achar interessante.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DISTO:

Related Posts with Thumbnails