segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Paz com prazo de validade!



Este post é para você que namora ou está para se casar, e começo perguntando:


_________________
Maria Isabel Sáenz de Zumarán Medeiros

Você acha que forma um casal perfeito com teu par?
Pode falar de boca cheia que entre vocês não há diferenças? Que combinam em tudo e que
não existem entre vocês pontos de discórdia?

Se a resposta foi SIM a todas as perguntas, então  realmente vocês formam um "casal perfeito"! Poderia até lhes dar os parabéns! Só que tenho uma coisa para te dizer: Casais perfeitos não existem!!

Se vocês vivem como se o fossem, faço aqui um convite: Gaste um tempo, ainda hoje se possível, e faça uma reflexão sobre que ponto a seu respeito você está mentindo, tanto para si mesmo  como  para seu par.  E peça a ele que faça o mesmo, com urgência!!!! .

Não! Não se ofenda! Não estou te chamando de mentiroso! O que quero dizer é que não é possível haver tamanha compatibilidade e paz entre um casal que os faça viver eternamente sem nenhuma rusga ou discussão! Isso significa que a paz entre vocês é uma paz fictícia, enganosa, porque alguém nessa relação está enganado ou enganando. Não é possível existirem duas pessoas iguais, entende?

Nessa reflexão veja qual parte de você não é transparente para o teu par! Se não souber por onde começar ajudo aqui com 4 sugestões que servirão de base para uma auto-análise:
  • Comportamento: Você é um bagunceiro inveterado enquanto teu par é metódico e disciplinado,  porém você deixa tudo arrumadinho quando ele está para chegar, dando a impressão de que é a ordem em pessoa, e ainda lhe diz que detesta bagunça!
  •  Personalidade: Você é a pessoa mais objetiva do planeta mas como teu par faz rodeios e mais rodeios para se expressar até chegar ao cerne da questão você  receia mostrar seu jeito prático de resolver as coisas e  floreia também quando quer dizer algo, só que expressar-se desse jeito tem sido um verdadeiro suplício!
  •  Temperamento: Você não se sente bem em  reuniões formais,  mas faz cara de quem gosta quando teu par te convida para festas, reuniões de amigos, jantares, etc...
  • Preferências: Voce não suporta cachorros, mas faz que sim, e afaga o Totó do teu par quando ele pula em tuas pernas, acrescentando sempre um " ai, que fofo que ele é! Adooro...".
Esconder quem somos de verdade tem prazo de validade, sabia? Mais cedo ou mais tarde - sendo que seria trágico se esse mais tarde fosse depois do casamento -  ficará claro como água cristalina quem você é de verdade e aí virão  as decepções, desavenças, lágrimas e sofrimentos.

Para  encurtar o texto citei  apenas alguns exemplozinhos, mas certamente você sabe quantas áreas da tua vida podem estar sendo  camufladas  ou escondidas  para agradar teu par com o objetivo de não correr o risco de perdê-lo  caso ele descubra que entre  vocês não há tantas coisas em comum assim!

Mas pense comigo: Perder a pessoa amada antes do casamento é muito mais vantajoso  para os dois do que ter uma família problemática ou mesmo destruída mais tarde.

Existe também a possibilidade de se viver uma vida inteira sob uma máscara eterna (apesar de que isso é praticamente  impossível dentro do casamento).  Fingir todos os dias ser alguém que não se é não poderá jamais fazer  alguém feliz! E cônjuge infeliz,  casamento infeliz!

Portanto, não perca tempo. Quanto antes você se revelar por inteiro ao seu/sua namorado/a ou  noivo/a, mesmo que isso acarrete algumas discussões e possíveis negociações sobre os pontos de discórdia, você terá  maiores  chances de que seu  casamento seja bem sucedido e feliz.
E sem prazo de validade!

Nenhum comentário:

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DISTO:

Related Posts with Thumbnails