terça-feira, 22 de novembro de 2011

EM CIMA DO MURO


Se existe um lugar no qual não dá para se viver, 
esse lugar é em cima de um muro!! 
_______________________________________________________________________________
Maria Isabel Sáenz de Zumarán Medeiros

Não nego que  existem situações em que "ficar em cima do muro" é nossa  única saída, se quisermos ser educados, diplomáticos ou  pacificadores. Ficar em cima do muro  nos poupa às vezes - e aos outros - de constrangimentos desnecessários. Ninguém gosta de l  ouvir um  "Esse corte de cabelo  ficou  péssimo em você" , e mesmo que o cabelo tenha ficado realmente horrível essa é a pior maneira de ser informados a respeito!  Nessa horas o jeito é dizer algo bem neutro do tipo:  "Ããh, eu não sei o que dizer, não consigo saber se ficou melhor ou pior do que antes".  Quando  "saimos pela tangente"  desse jeito podemos até nos sentir meio  "lisos", pouco sinceros, mas sinceramente há momentos em que não dá para ser diferente!

Imagine-se em uma festa  em que as  pessoas estão comentando entusiasmadas o último capítulo da novela. Então uma mulher te pergunta: 
-  Quem você acha que matou a Odete Roitman?  

Se  você  acha que assistir novelas é uma perda de tempo e que elas deformam o caráter das pessoas, poderia simplesmente responder:

- Eu não sei, pois não assisto novelas. 

E  a tal mulher indignada diz: 
- Como pode alguém neste planeta não assistir novelas?  Por que não? O que é que você faz à noite? E E você,  que é  uma pessoa "muito sincera" responde: 

-  Não  assisto novelas pois penso que elas são perda de tempo para pessoas que tem coisas mais úteis com o que ocupar suas mentes.

Quanta grosseria!! Não precisava ser assim, tão sincero. Era só dizer polidamente:

 - Ah, não gosto de ficar preso no enredo das novelas,  prefiro ter liberdade para fazer outras atividades,  como  ler alguma coisa,  dar uma saída, ir para meu quarto orar ou entrar um pouco na internet.

O ficar em cima do muro a que me refiro não tem a ver com essas situações em que sair pela tangente é a melhor solução.  Tem a ver com o querer sempre agradar a "gregos e troianos"  para ficar bem na fita com tudo e com todos! Essa posição neutra que algumas pessoas assumem permanentemente exige que  a própria autenticidade seja desprezada. Creio que as pessoas  que  sistematicamente, procuram  agradar a todos  se encaixam em uma das seguintes possibilidades:
  •  São pessoas inseguras e por isso receiam a rejeição  se assumirem  posições contrárias. 
  •  Querem passar a imagem da " bondade encarnada", da "politicamente correta", da "santidade em pessoa",  para  assim conquistar a amizade e a  aprovação do maior número de pessoas - não importa quem sejam essas pessoas.
  • Acreditam que isso é o naturalmente esperado: ser sempre condescendentes, pacientes, tolerantes, prestativas, pessoas que concordem com tudo e com  todos a fim de não melindrar ninguém  para que a paz e a harmonia  estejam sempre garantidas.  

Confrontar  opiniões com convicção e respeito, pode sim fazer com que alguém nos olhe meio torto uma vez ou outra, mas fiquemos tranquilos, porque se o  relacionamento for  sólido e sincero não será   por uma opinião ou atitude  discordante  que perderemos  o namorado, o amigo ou o respeito de um colega. E garanto que mesmo um parente  (já que parentes não podem escolher deixar de ser parentes),   não ficará de cara virada  e nem passará a nos tratar com hipocrisia só porque algo  não o agradou! Porém, se o relacionamento não tem uma base sólida de afeto e respeito, aí sim  é possível  que a pessoa se afaste. Mas, e dai? Quem é que  liga para pessoas que ficam por perto só quando  somos o que elas querem que sejamos,  quando querem  e como querem?  

Nem mesmo Deus se importa! Veja só o que foi que Jesus  diz no conhecido  sermão da montanha:

 "Coitados de vocês que dependem da aprovação dos outros, sempre preocupados em agradar a todos. Essa escravidão compromete a sinceridade. Lc 6:26a -  (Bíblia A Mensagem)  e o mesmo texto em outra versão diz "Ai de vós quando todos vos louvarem! Porque assim precederam seus pais com os falsos profetas."

O que Jesus quis dizer é isto : "Não seja um bajulador. Não seja um pacificador crônico", porque sendo assim você coloca em risco a honestidade das tuas posições, não apenas a respeito de assuntos de fé, mas a respeito de qualquer assunto.   Deus ama a verdade e os que assumem a Sua verdade ainda que o mundo esteja contra ela, pois toda verdade sempre contribui para o crescimento daqueles que a aceitam em si mesmos e nos outros.  E  não há coisa melhor, mais fácil e prazerosa do que lidar com pessoas autênticas, que não receiam ser elas mesmas  tanto como para  com os "gregos" quanto para com  os "troianos"!





Nenhum comentário:

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DISTO:

Related Posts with Thumbnails