segunda-feira, 18 de abril de 2011

Se Deus existe ele é mau!

Semana passada postei este vídeo no facebook, com o seguinte comentário:
PARA OS QUE DUVIDAM DO AMOR DE DEUS DIANTE DE UMA TRAGÉDIA COMO A DAS CRIANÇAS ASSASSINADAS NO RIO,DEDICO O VÍDEO ABAIXO.



Logo abaixo uma agnóstica conhecida fez o seguinte comentário:
Que bonitinho! E que alivio!! Saber que nao existe nem frio, nem escuridao e nem o mal!!!! Agora posso sair de bermuda e camiseta no inverno e nao preciso mais pagar a conta de luz!!!!! Uipiiiiiii!
Te garanto que o tal video nao convenceu nenhum agnostico ou ateu. E continuarao afirmando que SE existisse esse Deus, então ele SERIA realmente mau. Ufa! Ainda bem que nao acreditamos!

E disse ainda:
E' extremamente ofensivo ficar insinuando que existe "o mal" nos que não acreditam em deuses. Respeito é bom e agnósticos e ateus (pessoas boas) merecem! You guys, believers: Leave us alone!!

Minha resposta foi a seguinte:
Albert Einstein, de acordo com o vídeo, diz que no coração do homem onde existe o mal, não existe o amor de Deus. Isso é um fato incontestável. Ele não disse que agnósticos e ateus são maus! O que o vídeo deseja demonstrar  é que aqueles que amam a Deus com toda sinceridade de coração não praticam o mal propositadamente. Sabe porque? Porque as duas coisas - crer em Deus vivendo Suas verdades   e praticar o mal é  antagônico. Uma coisa exclui a outra. Não dá para ser mau tendo Deus como fonte de regra e conduta, entende? Porque Deus é AMOR! Ele é a essência do AMOR. E quando o Espírito de Deus habita no coração daqueles que O amam, esses não conseguem praticar o MAL, por causa de Deus. 

Certamente que existem agnósticos e ateus boníssimos, mas não por causa do amor de Deus e sim por princípios próprios, por consciência ou porque eles tem  uma natureza intrinsicamente bondosa. Eu conheço vários  que não fazem mal a uma mosca!! Você  é uma dessas pessoas, que sempre ajuda os que de você  precisam e eu sou prova disso!! Muitas vezes você é bondosa sim, mas não por causa de Deus, por causa de você  mesma.

Não se sinta ofendida devido a esta verdade inegável:  Os que praticam o mal não tem o amor de Deus em si. 
Ou você acha que Saddam Hussein, o maluco que matou as crianças no RJ, Hittler, os que roubam dos pobres, os que traem a confiança de um amigo, o pai da Isabela Nardoni, os que estupram meninos, a Susana Hichtofen, que matou seus próprios pais, o Fernandinho Beira-Mar, o Pablo Escobar, os que espancam velhinhas idosas num asilo, etc. tem o amor de Deus dentro de si??? Claro que NÃO!  Pessoas assim não conhecem o amor de Deus  apesar de Deus amá-los mesmo sendo como são e estar sempre pronto a perdoá-los quando se arrependem do mal que praticam.

E acrescentei:
"Amar ao próximo como a si mesmo"... é mandamento de Jesus. Esse amor ao próximo EXCLUI todo tipo de mal, inclusive o mal feito a si mesmo. Egoísmo, traição, inveja, ira, vingança, opressão, maledicência, abuso de poder, crueldade psicológica, agressão física, trapaças, desonestidade, mentiras,vícios, intrigas, imoralidade sexual,  são só alguns exemplos do mal que se pode praticar quando não se ama a Deus,  já que muitas dessas formas de mal parecem coisa corriqueiras que fazem parte da vida humana e por isso não precisam ser evitadas.  Veja só: uma pessoa viciada se sente no direito de usar drogas, afinal, o corpo é seu, não é mesmo? Mas seu vício causa dor à seus pais, cônjuges,  filhos e amigos.  Um  rapaz ou uma moça que tem um filho sendo solteiros, acaso não trarão dor à essa criança que já nasce sem um lar e preocupação aos seus familiares? E as doenças que tem origem em vidas sexuais promíscuas? E os acidentes e brigas que acabam em tragédia causados pelo uso abusivo do álcool?   Você acha mesmo que isso não são maldades praticadas por quem não Deus?

Não posso deixar de reconhecer que mesmo aqueles  que amam a Deus, nem por isso estão livres de errar por causa da natureza humana que é inclinada naturalmente para o mal (pecado). A diferença está em que estes, por amarem a Deus, evitam serem "deuses" de suas próprias vidas e por isso  buscam sempre melhorar sua condição dia-a-dia, lutando consigo mesmos para vencer seus impulsos naturais.  

Após essa explanação, a tal conhecida prosseguiu:

-  Ok, vamos lá - O ser humano e' criação de deus segundo os que acreditam nisso, portanto foi criado com inclinação para o mal? Legal! E quanto a Einstein pode parar de cita-lo pois ele mesmo era um agnóstico. E' sabido que o verdadeiro sentido das palavras dele sempre foram deturpadas pelos "crentes" em benefício dos mesmos. Ele próprio disse isso e postou uma frase atribuída a A.E. em inglês, onde ele afirma que nunca negou nem confirmou que crê em Deus).

Minha resposta:
 Oooh amore...não, Deus não  criou o homem com inclinação para o mal. Ele o criou à sua imagem e semelhança de caráter, capaz de:

1) Ter domínio sobre a terra.
2) Ter capacidade de se comunicar com seus semelhantes.
3)  Ter capacidade de raciocinar.
4) Ter um espírito e através desse espírito poder se comunicar com Ele - que é espírito. 

Porém deu ao homem autonomia e liberdade de escolha. E foi aí que o homem resolveu ser deus de si mesmo, quis se tornar igual à Deus e se rebelou justamente porque Deus o fez livre e não ROBÔ. Deus nos fez livres para decidirmos  crer ou não crer, tanto é assim que você não crê e eu sim! 

De qualquer forma, o vídeo não era sobre  Albert Einstein, e sim sobre a existência de Deus. Ele (A.E)  era alguém tão limitado como você  e como eu, apesar de seu muito conhecimento em áreas que nós duas não dominamos. Apesar de sua inteligência e conhecimento ele era um ser humano  e portanto sujeito a erros. Carregava em si, além de conhecimento, suas experiências PESSOAIS, e portanto, por mais embasadas que estivessem suas opiniões, não representam TODA a verdade a respeito de nada que não possa ser provado, ao menos cientificamente como a existência  a inexistência de Deus. 

Crer que Deus existe, exige muito mais do que conhecimento humano. Exige experiência pessoal, íntima, única, que não pode ser testada num laboratório. Exige observar com imparcialidade cada detalhe do universo  e reconhecer que não há explicação cientifica para a existência da maioria deles. Exige crer que apenas um ser ilimitado e possuidor de todo poder poderia ter criado o homem -> dotado de espírito, com um cérebro que ciência alguma conseguiu ou conseguirá reproduzir. Basta olhar para natureza ao seu redor, e verá que Deus existe. (leia ao menos por  curiosidade  o Salmo 19 

 É isso. Deus existe, creio nele, e sinto pelos que não creem e não podem viver numa esfera que não seja o aqui e agora e sem esperança alguma no amanhã!

   -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  

E que o Espírito Santo de Deus faça a obra que cabe a Ele e que eu não posso fazer: 

CONVENCER os incrédulos de que Deus é real!









sexta às 12:31 ·  ·  1 pessoa

Nenhum comentário:

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DISTO:

Related Posts with Thumbnails