sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Presidenta? Que horror!!

PRESIDENTE OU "PRESIDENTA"?

Interessante (e não interessanto) o artigo de Gabriel Manzano sobre a palavra presidenta (3/11). Em nossa língua, substantivos ou adjetivos que se referem a pessoas ou outros seres gramaticalmente sexuados e terminam em ante, ente, inte ou onte são palavras ditas promíscuas. Caracterizam tanto entes masculinos como femininos. Exemplos: anunciante, assistente, ouvinte, arconte. Não é razoável mudá-las. Teríamos: anuncianta, assistenta, ouvinta, arconta. Horroroso!

Então, por que trocar presidente por presidenta, quando é mulher? Por essa lógica, se é homem, ter-se-á de usar presidento. Será que a invenção foi de uma feminista anti-igualitária? Ou de um feministo?


CELSO DA COSTA C. VIDIGAL
celsovidigal@uol.com.br
São Paulo

Retirado do site www.estadao.com.br

http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20101105/not_imp634998,0.php

(grifo meu)

Nenhum comentário:

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DISTO:

Related Posts with Thumbnails