sábado, 13 de novembro de 2010

IRONWEED




"Em uma cena do filme Ironweed, as personagens de  Jack Nicholson e Meryl Streep tropeçam em uma velha mulher esquimó deitada na neve, provavelmente embriagada.  Intoxicados eles mesmos, discutem o que deveriam fazer com ela:

- Ela está bêbada ou é uma vadia? - Nicholson pergunta.
-Apenas uma vadia. É o que tem sido a vida inteira.
- E antes disso?
- Era prostitua no Alasca.
-Ela não pode ter sido uma prostituta a vida inteira.  E antes disso?
-Não sei. Apenas uma garotinha, acho.
-Bem, uma garotinha é alguma coisa.  Não é uma vadia e não é uma prostituta.  É alguma coisa. Vamos recolhê-la. 

Os dois vagabundos viram a mulher esquimó pelas lentes da graça (de Deus).
Onde a sociedade veria apenas uma vadia e uma prostituta, a graça viu "uma garotinha", uma pessoa feita à imagem de Deus, não importa quão desfigurada essa imagem estivesse. 
O cristianismo tem um princípio, "Odeie o pecado, mas ame o pecador", mais facilmente pregado do que praticado.  Se os cristãos pudessem simplesmente recuperar essa prática tão preciosamente modelada por Jesus, avançariamos bastante no cumprimento de nossa vocação como distribuidores da graça de Deus".(trecho retirado do livro Maravilhosa Graça, de Philip Yancey)


Sinopse do filme: 
Adaptado do premiado romance de William Kennedy, "Ironweed" tem como protagonista Francis Phelan (Jack Nicholson), um homem destruído pelo passado. Sua companheira, Helen (Meryl Streep), com quem vive há nove anos, foi uma cantora de rádio. Os dois são sombras, quase fantasmas, sem esperança, sem lar e sem dinheiro. Ambos vão para Albany, a cidade onde, vinte e dois anos antes, a vida de Francis foi destruída. Lá convivem com outros vagabundos e são mantidos por uma comunidade religiosa, que fornece alimento aos desamparados nos anos negros da depressão.

Vinte e dois anos antes, Francis deixou seu filho menor, um bebê, cair no chão. Por vinte e dois anos ele tem convivido com o sentimento de culpa e a dor, levando uma vida sem sentido, totalmente obscurecida pela tragédia que ele nunca quis aceitar.
"Ironweed" é a história da descoberta e aceitação de Francis e Helen de si mesmos, de quem eles eram e em quem se tornaram. Separadamente eles encontram suas respostas. Num filme repleto de tragédia, humanidade e esperança renovada, Jack Nicholson e Meryl Streep criaram dois personagens comoventes e inesquecíveis. (do site www.webcine.com.br)

Nenhum comentário:

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DISTO:

Related Posts with Thumbnails