terça-feira, 26 de outubro de 2010

Descansando

Rede nova
Quando  moça eu morava com meu pai e irmãos em uma pequena chácara no Cataguá - bairro de Taubaté/SP. Era uma casa muito agradável, com uma imensa varanda cheia de colunas! Um dia  pedi a  meu pai que colocasse ganchos para rede, o que deixaria a varanda mais chamosa ainda! Não me lembro dos motivos que ele deu, mas a questão é que disse NÃO! 
Mas eu não desisti!
_________________________________________________________________

Maria Isabel Sáenz de Zumarán Medeiros
Como eu já trabalhava comprei eu mesma uma  rede, os ganchos e contratei um pedreiro para chumbá-los nas colunas da varanda. Então um belo dia a rede estava lá  - e meu pai nem disse nada! Certamente até gostou.  Eu amava chegar do trabalho e me deitar ali pensando na vida ou ler um  algum livro quando ainda estava claro, ou cochilar à tarde nos finais-de-semana.  Quando vieram os sobrinhos então, a rede era a festa! Festa  que uma vez ou outra  proporcionava alguns "galos" - que também faziam parte da festa!

Mais de 30 anos se passaram e eu nunca deixei de querer outra rede. Pedi uma neste último Dia das Mães, mas ela não veio. Ninguém sabia onde encontrar redes aqui em Maringá. Pesquisei na internet, andei por algumas lojas, e nada... Até que na semana passada um cearense tocou a campainha oferecendo redes de todos os tamanhos, modelos e cores! Meu presente do Dia das Mães havia chegado!

E agora posso deitar-me ali depois do almoço para um cochilo ou  balançar-me nela suavemente quando o dia termina com um bom livro nas mãos. É claro que tenho que dividi-la com a família toda, mas a turma  aqui já sabe: A rede é da mamãe! Além de me lembrar da rede na varanda de minha mocidade,  ela é sinônimo de paz. Pense em alguém deitado numa rede e logo virão à mente imagens de  uma rede entre coqueiros numa praia,  na  varanda de uma casinha de interior ou num caramanchão à beira de um lago. Uma rede sempre remete à idéia de tranquilidade e de paz.

Mas eu garanto a você que qualquer paz não se compara à paz que sinto ao saber que não  importa como tenha sido meu dia, não importam as preocupações  que  me  atingem  nem as decisões que tenha que tomar, sei que  enquanto estou deitada na minha rede Deus, ou fazendo outra coisa qualquer, Deus está trabalhando por mim. E é por isso que posso descansar em paz!

E por falar em descanso, assista o vídeo abaixo. Essa música faz parte da nossa história em Blumenau...
mas isso é conversa pra outro dia...


  clique aqui > O TEU TRABALHO É DESCANSAR EM MIM

Não tenha sobre ti
Um só cuidado qualquer que seja,
Pois um somente um
Seria muito para ti.
É Meu somente Meu todo trabalho,
E o teu trabalho é descansar em Mim!

Não temas quando enfim
Tiveres que tomar decisão.
Entrega tudo a Mim
Confia de todo coração

É Meu somente Meu todo trabalho
E o teu trabalho é descansar em Mim

Nenhum comentário:

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DISTO:

Related Posts with Thumbnails