quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

TOPO DA MONTANHA

"NÓS  CIENTISTAS























SOMOS COMO OS ALPINISTAS.




 

















PASSAMOS NOSSA VIDA
ESCALANDO UMA ''MONTANHA"

















E QUANDO CHEGAMOS LÁ...

















ENCONTRAMOS








UM ACAMPAMENTO

DE

CRENTES!!"

(autor desconhecido)


4 comentários:

DrPlausível disse...

A história original é um pouco diferente. Um cientista sobe a montanha e chegando ao cume encontra um filósofo (outras versões dizem "um religioso"). Aí olha os cumes das montanhas em volta e todas elas têm um filósofo (ou religioso), cada um achando q sua montanha é a mais alta. Aí o cientista pergunta: ¿como é q vc chegou aqui? O filósofo diz: Não sei; vim subindo e cheguei.
C: ¿E o q tá fazendo?
F: Esperando.
C: ¿Há qto tempo?
F: Milênios.
C: ¿E por que não desce de volta?
F: Não sei voltar.
Aí o cientista abre a mochila e dá ao filósofo... um mapa.

Maria IsabelSáenz de Zumarán Medeiros disse...

Estimado Dr. Plausível,

Você mencionou o original. Acho até válido, mas a versão "religioso" é, como você mesmo disse, "uma versão"! Se fosse mesmo um religioso sincero (não um religioso de "fachada" como há muitos por aí) é certo que teria encontrado na sabedoria de Deus (o cume da montanha) respostas para seus questionamentos, por isso teria escalado a "montanha espiritual", mesmo sem saber como. Quem chega lá não quer mesmo voltar! Agora, um filósofo sim, até concordo que ele gostaria de ter voltado, pois Deus não era o que estava buscando. Aliás, os filósofos nunca encontram o que buscam, pois sempre há um outro filósofo ou uma nova corrente filósica, , achando que descobriu algo mais, e assim por diante pois jamais encontram na filosofia respostas definitivas para os anseios do homem!
Também, no teu "original" não diz o que estava esperando. O filósofo e o religioso certamente esperam coisas diferentes. Aí a história teria que ter outro final... Concorda?

Dr Plausível disse...

Vc só tá dizendo q tua montanha é mais alta q a dos outros. E à tua volta outros no cume de outras montanhas tão dizendo o mesmo sobre as montanhas deles. Ninguém tem prova de nada. E, sobre a filosofia, vc tá errada, falando baseada em informações superficiais. Tua crença tem q se bastar a si mesma. Se vc a puser a comparar com coisas como filosofia ou ciência, tem duas conseqüências: (1) evidencia uma insegurança qto à crença e ignorância qto à fil. e ciê. e (2) sempre vai tar em desvantagem, pq o máximo q vc tem pra mostrar é um livro contraditório, simplório e fantasioso escrito por umas tribos de pastores violentos e imitando o pensamento das civilizações mais avançadas anteriores ou contemporâneas dos egípcios, gregos e hindus. Mais ou menos como os evangélicos brasileiros fazem imitando os euaenses. Esse texto teu é derivado do debate ciência x religião travado nos Euá, e essa história da montanha foi criada lá. Então, ou se informe melhor sobre ciência e filosofia, ou cada um na sua. OU, melhor ainda, crie as próprias estórias e parábolas. Vc tem capacidade pra isso, q eu sei.

Maria Isabel disse...

Estimado Dr. Plausível,
Preciso lhe dizer que apenas quem experimentou e experimenta o poder de Deus e Sua presença podem saber que Ele é real. Infelizmente isso nao aconteceu com voce AINDA! Ele se revela a quem vai até Ele, e quem for poderá crer.SIMPLES ASSIM! Obrigada por visitar meu blog. Que o Senhor Deus abençoe tua vida, é a minha oração, hoje e sempre, viu!

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DISTO:

Related Posts with Thumbnails