sábado, 26 de dezembro de 2009

GRAVATAS!!

Observando os homens em casamentos,  formaturas, pastores, executivos e funcionários de bancos,  vejo que muitos não sabem como usar bem uma gravata ou  combiná-la com a camisa e o terno de modo a fazer com que o visual fique leve e elegante.

Recolhi então algumas dicas em diversas  publicações e puxei também da memória  detalhes que me lembro sobre meu pai (que sabia como usar uma gravada e ficar elegantérrimo!) para ajudar você ou os homens de sua família  a ficarem mais elegantes!
___________________________
Maria Isabel Sáenz de Zumarán Medeiros

 Na tv existem vários programas de moda, e alguns tem  se tornado populares ultimamente, como o "Esquadrão da Moda"  nos quais se promovem a mudanças no estilo (ou na falta de estilo)  de uma mulher. Ela recebe orientações sobre como combinar acessórios, escolher roupas que favoreçam sua silhueta e quais roupas usar em diferentes ocasiões.. Novos cortes de cabelo e aulas de maquiagem também fazem parte do pacote.
Mas pouco se vê que trate do universo masculino da moda. Por isso, resolvi selecionar dentre algumas publicações algumas dicas sobre o uso da gravata, esse acessório, que, dependendo da forma como é usado, pode mudar o conceito que os outros tem a respeito da pessoa que a veste.
Gravatas e prendedores são umas das poucas opções de acessórios de que os homens podem lançar mão para produzirem um visual, e por isso é preciso caprichar! Portanto aqui vão algumas dicas:

Altura ideal da gravata
1) Durante o dia é possível usar um pouco mais de descontração com gravatas estampadas, coloridas, xadrezes ou listradas, mas a noite requer um pouco mais de sobriedade. Estampas pequenas e cores mais discretas. Mas um detalhe: gravatas com desenhos ou listras ficam sempre melhor com camisas de cores lisas. Estampa sobre estampa deixa... digamos,um visual sobrecarredado e deselegante.
                                                                                                             
2) A largura da gravata depende muito da moda, mas isso requer atenção para saber o que se está usando. Em caso de dúvida, decida-se pela largura clássica, que jamais sairá da moda: entre 8,5cm e 9,5cm.

Foto da esquerda: Gravata curta demais
 Foto da direita: Gravata comprida demais
3) A altura ideal da gravata  não muda nunca! Não importa se o homem é alto, baixo, magro ou gordo. A gravata deve ter sempre a ponta  tocando, ou no máximo cobrindo,  a fivela do cinto. Abaixo disso?  Nem pensar!  Acima disso? Também não, pois ao ficar muito curta os botões da camisa ficam à mostra e a curvatura do abdomen, no caso dos mais gordinhos fica destacada, portanto, gravata curta não é nada elegante assim como gravata longa demais!

4) E quanto ao nó?  Nada de nós frouxos, expondo o primeiro botão da camisa, exceto se o rapaz tiver um estilo super despojado e o restante do visual estiver de acordo com seu estilo. Fora disso, nós frouxos dão um aspecto de desleixo!  Mesmo com calor, nunca se deve deixar o nó frouxo. Se, no final de uma  festa o ambiente estiver descontraído, é possível dar-se ao  luxo de afrouxar a gravata ou mesmo tirá-la. Mas se puder evitar...É proibido também nó apertado demais. Além de sufocar, enruga o colarinho da camisa, o que fica muito feio.

Se não souber dar nó em gravata clique no link e ...Aprenda a fazer o nó.

5) Os estilos de camisa, calça, paletó e gravata devem "conversar entre si", ou seja, devem estar sempre combinando:
  •  Se a camisa for de algodão mais rústico ou de denim (na cor indigo ou de outra cor) a gravata também devem ser rústicas, ou de aspecto mais leve.
  • Gravata de lã pede camisa flanelada  e paletó esporte, especialmente de tweed.
  • Gravata de seda fica melhor com camisa social de algodão.
5) Prendedor de gravata já não é muito usado, mas se for o caso de querer usá-lo, é preciso lembrar de algumas coisas. Uma dica já é o  próprio  do nome  prendedor. Sua utilização é mais de ordem  prática do que estética.: a de  prender a gravata na camisa, entre dois botões,  para evitar que ela balance solta  para a frente quando a pessoa se debruça, evitando-se assim situações como, mergulhar a gravata no prato ao sentar-se à mesa,  molhá-la na pia ao escovar os dentes ou prendê-la na gaveta da escrivanhinha ao fechá-la.  Muitas vezes o prendedor é bonito e o homem sente vontade de deixá-lo à mostra entre as lapelas do paletó fechado, como se fosse  um broche. Sinto  dizer, mas não deve ser usado dessa forma. O ideal é utilizar o prendedor a 20cm da ponta da gravata e não próximo ao nó, ou seja, entre o 3o. e 4o. botão da camisa. Antes a idéia de usar as gravatas sem prendedores era inimaginável, mas hoje em dia é  possível dispensar-se o prendedor e utilizar a gravata com as pontas caindo livremente, desde que a parte mais estreita (a de trás)  seja mais curta que a parte mais larga (a da frente).
ERRADO! O prendedor  está muito alto. O ideal é a 20 cm da extremidade  da gravata, na altura do iníco do abdomem.

6) Tome cuidado para que a gravata  não seja mais larga do que o colarinho da camisa pois ficará uma beirada aparecendo na  parte de trás, quando tirar o paletó! 



Nó bem ajustado

Os homens devem chamar a atenção para si por sua elegância e não pela ostentação dos acessórios! 
É preciso apenas informação e bom senso!

E fiquem lindos!! Para nós...hehehe











Combinação perfeita!





Um comentário:

Anônimo disse...

Useful blog website, keep me personally through searching it, I am seriously interested to find out another recommendation of it.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DISTO:

Related Posts with Thumbnails