domingo, 13 de dezembro de 2009

Dia da Bíblia

Como responsável pelas programações especiais da igreja comecei a uns dois meses os preparativos para o Dia da Bíblia, que  acontece sempre no 2o. domingo de dezembro, ou seja, hoje. _______________________________________
Maria Isabel Sáenz de Zumarán Medeiros 



M uitas vezes as idéias para esses  eventos  surgem com facilidade, e logo me empolgo para colocá-las em prática. Entro em contato com as pessoas que de alguma forma poderão colaborar, marco as  reuniões,  rascunho  textos, anoto as idéias que vão surgindo, pesquiso  músicas adequadas ao tema e textos bíblicos que tenham  a ver com a idéia principal. Faço telefonemas, peço orçamentos, calculo os custos, planejo a ordem do culto e tudo quanto for necessário para que a essência da mensagem da programação  toque o coração das pessoas. Porém  há ocasiões em que  não consigo me concentrar em uma única linha de pensamento, e muitas idéias se sucedem até que consiga me decidir por alguma delas.  Mas não importa em qual das duas situações me encontre.  Desde o início  coloco o evento diante de Deus e  peço a Ele por sabedoria a fim de preparar o melhor - para Ele -, e quando a idéia vem, agradeço-lhe  por ela  e continuo dependendo de Sua orientação durante todo o processo. Se a idéia demora a surgir, continuo orando e esperando pela idéia certa. Mesmo que passem muitos dias, espero com paciência na certeza de que Deus irá sinalizar um caminho. E então, como que se um holofote fosse aceso, a idéia surge em minha mente, clara como a luz do sol!  Não importa se faltam seis meses para o evento ou se falta apenas um.  Aquela idéia vem completa. E sei que não faltará  nada e que todas as peças  se encaixarão  perfeitamente até que tudo esteja pronto no dia previsto.
E assim tem sido neste dois anos (2008 e 2009) como a responsável pela Comissão de Programas Especiais da igreja:  Dia das Mães,  Dia dos Pais,  Aniversário da Igreja, Dia do Pastor, Dia da Bíblia, Posse da Diretoria, Dia dos Namorados, e outros eventos.  Sempre busco a direção divina e Ele tem honrado. Mas desta vez foi diferente.  Por algumas razões, entre elas nossa eminente mudança para Maringá, não orei  pelos preparativos do Dia da Bíblia como sempre fiz.  Ocupada com tantas outras coisas, fui postergando o momento de me aquietar e colocar a programação diante Dele. Em  alguns raros momentos, meio que às pressas,  Lhe mandava um "torpedo" mais ou menos assim: "Deus, o Senhor sabe como ando muito ocupada, mas me ajude a fazer tudo o necessário para o Dia da Bíblia."  Então, um belo dia surgiu o tema: mostrar o quão interessante é a Bíblia, pois além de ser a poderosa Palavra de Deus, há em torno da história do livro sagrado e de seu conteúdo, uma infinidade de fatos  curiosos e interessantes.  Logo solicitei a algumas professoras do ministério infantil que ensaiassem uma determinada música com seus alunos, combinei  outra música com a equipe de louvor, pesquisei  na internet curiosidades sobre a bíblia e imagens que as ilustrassem, ensaiei um jogral com meus alunos da EBD, preparei os  materiais necessários, montei a apresentação para o data show  e... Bem, na véspera do Dia da Bíblia, ou seja ontem, (noite de sábado) descobri que haviam  retirado o telão onde são projetados os os slides, por causa de uma peça teatral que seria exibida domingo à noite.  Fiquei muuuuito chateada! O telão jamais é retirado do local!  Como é possivel que alguém  o retire sem consultar a agenda da igreja?  E a apresentação seria logo pela  manhã!  Imagens lindas que reforçariam  a mensagem  não poderiam mais ser apresentadas. Bem, o jeito era fazer o melhor  possível, mesmo  sem os slides.  Quando cheguei  à igreja hoje cedo, mais uma surpresa: das nove crianças que leriam as mensagens e curiosidades bíblicas apenas quatro compareceram..  Sem data show, com apenas 4 crianças que acumulariam os textos das outras, sem tê-los ensaiado,  e como se não bastasse a sala dos pequenos (de 5 a 7 anos), que cantariam uma musiquinha  sobre um homenzinho todo torto que encontrou a bíblia, estava desfalcada: somente 3 crianças haviam ido à igreja.  Fiquei nervosa, triste, sei lá.  Fui ao banheiro me acalmar para decidir o que faria, já que o culto começaria em uma hora.  Uma irmã me acompanhou, escutou meu desabafo, me confortou e...orou por mim e por aquela  situação.   Era bem o que estava faltando! Oração. Em alguns minutos senti  uma  imensa paz e pude ver tudo claramente: durante os preparativos faltou oração e sobrou auto-suficiência! Estava tão habituada a que tudo desse certo que não gastei tempo  pedindo a orientação de Deus como das outras vezes.  Por isso as coisas não funcionaram! Não foi porque estes ou aqueles falharam. Foi porque eu falhei!   Agradeci a ela o apoio,  fui até as salas das crianças e, calmamente disse-lhes e às professoras,  que não nos apresentariamos mais naquela manhã, pois Deus não merecia uma apresentação naquelas condicões. Procurei o pastor e lhe comuniquei sobre ocorrido. Ele entendeu e,  com sua experiência,  preencheu o vácuo deixado pela ausência da programação entrevistando algumas pessoas sobre suas experiências com a bíblia.
 A apresentação não aconteceu como estava previsto. O trabalho de todos os envolvidos não frutificou, mas aprendi uma coisa. Ou melhor, re-aprendi o que já sabia:  não importa o quão experiente ou talentoso você pensa que é:
                         Dependa sempre do SENHOR!

Termino  com a frase que encerraria nossa apresentação em homenagem ao Dia da Bíblia:

                    Conhecer a Cristo, a Palavra Viva,
                     é amar a Bíblia, a Palavra escrita.

Nenhum comentário:

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DISTO:

Related Posts with Thumbnails